quarta-feira, 2 de Abril de 2008

DISCURSO DO PRESIDENTE DA ASES NA ABERTURA OFICIAL DO ANO LECTIVO 2008

Sua Excia. Director Provincial de Educacao de Sofala
Sua Excia. Presidente do Conselho Municipal da Beira
Excelentissimo Reitor da Unipiaget de Mocambique
Dignissimos docentes da Unipiaget
Caros colegas e estudantes
Ilustres convidados aqui presentes
Minhas senhoras e meus senhores

Bom dia e bem vindos

Mais do que alegria é com orgulho que aqui estamos no arranque de mais um
ano lectivo. Já o disse por diversas vezes, a Unipiaget, mais
do que uma universidade, é uma escola de vida. Na qual nos tornamos mais
profissionais, mais maduros, mais sérios, mais exigentes com o mundo, mas
sobretudo nos tornamos mais pessoas.

Ganhamos direitos, mas sobretudo ganhamos obrigações, tanto para connosco mesmo, assim como para com a universidade tambem.
Este novo ano, não será fácil, mas mais do que isso será um desafio. É um
desafio de afirmação, de adaptação, da procura do óptimo que será sempre
insuficiente.

Nós estudantes, queremos qualidade, queremos que os
docentes consigam atingir as formações que a instituicao precisa, queremos
sentir nesta universidade mais do que um espaço de ensino –uma segunda casa,
queremos aprender e ser os melhores profissionais.

Temos infraestruturas excelentes, é certo, mas será que são suficienteS? Digo vos que não, porque uma universidade não são as paredes que a compõem, mas sim todo um conjunto de factores, como a qualidade do ensino, a organização da própria instituição,e sobretudo uma definição clara das formas de alcançar os objectivos.
Estamos satisfeitos? Não, porque temos consciência de que mais e melhor podia e pode ser feito.

Ora, como teremos qualidade, se alguns docentes insistem em ficar relaxados e virem as aulas quando não tem outra coisa para fazer?
Como seremos organizados, se a cada dia que passamos pelas vitrines temos um horário diferente do outro?
E como vamos alcançar os nossos objectivos, se eles são alterados ?

A nós alunos não nos é fácil, por vezes compreender e concordar com
decisões que sabemos que se podem evitar, mas por mais tentativas que possam existir de terminar com a nossa capacidade de acreditar, jamais seremos nós, alunos, a pôr em causa acredibilidade desta instituicao, mas seremos nós a lutar sempre mais e melhores
condições, mais e melhor qualidade, mais e melhores bolsas para quem
realmente precisa, mais e melhor participação dos alunos nas decisões dos
rumos da nossa universidade.Somos nós que construímos a nossa instituicao, não podemos estar de forma distraída, mais do que reagir temos de agir, correremos riscos porque é com os riscos que nos tornamos valentes e sobretudo jamais desistiremos porque nada
termina até ao momento em que se deixa de tentar.

Gostaria ainda de vos falar da vossa responsabilidade enquanto estudantes e jovens: numa época de mudanças rápidas, impõe-se uma atenção constante à formação, quer seja graduada ou pós-graduada.
Não me vou alongar sobre este tipo de questões, até porque temos ocasiões mais propícias para o fazer, mas deixo-vos o alerta: enquanto jovens, estamos impregnados de um espirito que nos leva a criticar e a querer mudar aquilo com que não concordamos.
Usem esse espírito. Mas usem-no construtivamente. De nada serve criticar quando não se pretende apontar soluções.
Façam parte da solução; não do problema.

Para que vocês possam ter controlo sobre a vossa educação, precisamos que nos digam, à vossa Associação de Estudantes, o que pensam, o que querem, como devemos defender-vos junto de quem tem o poder para mudar as coisas.

Sempre fomos pela ideia,de que a Universidade existe para estar ao serviço dos estudantes.Antes de todo o resto, o estudante acima, mas quando este objectivo não consegue ser alcançado, questiona-se a validade ou utilidade desta ideia.
E enquanto houver, um unico estudante nosso, insatisfeito, esta Associação não irá descansar, pois para isso que ela foi criada, para defender os direitos dos estudantes.

Mas, lembrem-se que a Associação de Estudantes não trabalha sozinha nem para si mesma, trabalha para os alunos e com os alunos.

Venham trabalhar connosco!

Tomem as rédeas do vosso futuro, porque ele começa aqui.


Obrigado

segunda-feira, 24 de Março de 2008

Festa de recepçao aos caloiros ´08

Venham curtir, este sabado a noite no Complexo 100Ahora pelas 21hrs na GRANDE FESTA DE RECEPÇAO AOS CALOIROS DA UNIPIAGET ´08.
Adquire ja o teu bilhete por apenas 150 paus, com churrasco e 2 bebidas inclusas.....

E depois voce nao se precisa preocupar com segurança porque estara garantida.


NAO PERCA...


VOCE ATE VAI PEDIR POR MAIS !!!

Abertura oficial do ano lectivo 2008

Vai decorrer no proximo dia 29 de Março, a abertura solene do ano lectivo da Unipiaget.

Uma cerimonia que decorrera no Auditorio A, com inicio marcado pras 8.30hr, e que contara com a presença de varias entidades e de varios convidados, sem falar dos estudantes e docentes da casa.

Apela-se a participaçao maciça de todos pois e um dia muito importante para todos.

Pela tarde, realizar-se-ao actividades no Campus, organizadas pela ASES.

Venham!!